A cada três presos em blitz, um é motorista de veículos pesados

bafometro1

De acordo com dados  da Polícia Rodoviária Federal a cada tres presos em flagrante nas blitz um era motorista de carreta ou caminhão. Os dados foram analisados no primeiro mês da Lei Seca após a mudança que a deixou mais rigorosa e permite o uso de vídeos, testemunhos e exames clínicos para enquadrar quem dirige com sinais de embriaguez em crime de trânsito.

Foram realizados 14.081 testes durante os primeiros 30 dias da Nova Lei Seca nas rodovias federais e 88 condutores estavam embriagados e foram presos, 32,9% deles caminhoneiros e motociclistas. Os condutores de caminhões e carretas representaram 13% do total.

De acordo com Fabrizia Nicolai, chefe de Comunicação da PRF – MG, apesar dos novos recursos aceitos como prova, a maioria dos motoristas continua flagrada pelo bafômetro. A inspetora chama atenção para o teor alcoólico dos condutores presos, que, de acordo com os resultados, varia entre 0,40 mg/l e 0,70 mg/l mas foram encontrados condutores com mais de 1 mg/l.

Minas Gerais foi o terceiro de cinco estados com maior número de multas e prisões por embriaguez, durante as festas de fim de ano, mas o quarto em testes aplicados nas estradas, segundo o ranking elaborado pela PRF nacional. Entre o Natal e o réveillon, foram 6.485 exames realizados nas rodovias mineiras, uma média de um exame a cada dois minutos. Ainda assim, o número representa pouco mais da metade do primeiro colocado, o Paraná, com 12.022 testes. Em segundo e terceiro lugares na lista estão Santa Catarina e Rio de Janeiro, com 7.513 e 7.013 testes, respectivamente.

Para ler mais notícias, clique em  blog.juizdeforadiesel.com.br . Informações sobre a Juiz de Fora Diesel visite nosso site. Siga-nos no Twitter e Facebook .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *